Hoje eu morro, mas amanhã renasço

by - março 19, 2018



Era a minha série favorita. Até se tornar a sua também e não conseguirmos mais assistir um sem o outro. Eu era só minha, em casa, com meus filmes, com meus discos e livros, nos finais de semana e feriados, até virarem exclusivos para nos vermos.
Minha volta do serviço para casa era descontada nos fones de ouvidos e passos apressados, até te ligar para desabafar.
Você veio para bagunçar a minha vida. Num bom sentido.
O ar cheirava limão, de manhã. Eu tinha o seu bom dia e boa noite, era ritual de todos os dias nossos. E claro, o eu te amo. No fim de todas as ligações.
Mas, acabou.
Eu não posso mais te ligar, ou esperar ligações. Seu número de telefone paira na minha mente, mas aguento firme. Meu mundo, parou,
até eu não caber mais em mim.
Você se foi e estou aqui sem saber que caminho seguir. Se continuo ou não a partir do episódio que paramos, ou começo uma série nova, ou recomeço do início para fingir que você nunca esteve ali, comentando com entusiasmo as cenas do outro lado do Skype.
Meus finais de semanas são parados, vazios, calmaria. E são os dias que mais sinto sua falta.
Eu sinto falta das brigas, sinto falta da sua risada que é a mais sexy que conheci na vida. Sinto falta das suas mãos, do seu cabelo molhado depois do banho. Do seu olhar de manhã. Dói, dói todos os dias em que tento aguentar mais um dia.
E parece que vou morrer, que não vai passar. Eu sei que não vou, que vai passar. Que na realidade eu vou ficar bem e que os anos irão passar.
Mas, preciso sentir esse momento. Em que você se vira e se vai e me deparo aqui, sem querer ouvir palavras gentis, de que foi melhor assim. De que você nunca me mereceu e que encontrarei alguém melhor.
Porque não é justo com a gente. Nossa história foi linda, apesar de que tenhamos terminado, simplesmente não era para ser.
Esse é o momento em que me encontro. Morta por dentro. E preciso sentir, a dor do nosso fim, mesmo que eu tenha total consciência de que eu vou sobreviver. Quero morrer hoje, para daqui um tempo, eu poder me reinventar, completa. Plena de que tudo valeu a pena.

You May Also Like

0 comentários

Instagram